Terça-Feira, 29 de Maio de 2018
PREFEITURA DE SÃO JOAQUIM DECRETA ESTADO DE EMERGÊNCIA
Image titleFila na Rua pernambuco para abastecimento no Posto Marechal

A greve dos caminhoneiros já reflete em vários setores da sociedade em toda a região.

O desabastecimento de combustíveis nos postos vem causando transtornos. A população segue de posto em posto aguardando em filas quilométricas para abastecimento. E geralmente, o combustível que chega esgota rapidamente. O abastecimento de gás também começou a ser prejudicado na cidade.  

Em São Joaquim da Barra, uma nota divulgada na manhã desta terça-feira pela assessoria de comunicação da prefeitura decretou "estado de emergência" pela falta de combustíveis, o que pode prejudicar a manutenção de serviços públicos essenciais do município".

Segundo consta, todas as empresas que comercializam combustíveis no município devem assegurar prioridade para atendimento dos serviços públicos essenciais, sendo "saúde, serviços de água e esgoto, transporte coletivo urbano de passageiros, coleta de lixo, CPFL".



A prefeitura informou também a suspensão do transporte de estudantes para Ribeirão Preto. 

No dia 25 a assessoria da prefeitura já havia divulgado outra nota constando a redução nos horários do transporte coletivo municipal da Viação Marcussi em três linhas. 

Na linha do João Mataraia, os horários mantidos foram: 5h50 às 8h20, 11h às 13h e das 15h40 às 18h20. 
Na linha Pedro Chediack/Santa Lúcia, ficaram os seguintes horários: 6h30 às 7h50, 10h30 às 13h e das 16h30 às 9h10.


E na linha Baixada/SAMBRA e Jardim Paulista, 6h10 às 8h – das 11h00 às 13h e das 16h às 19h.
Os horários da linha do João Paulo II não sofreram alterações.


O Projeto Guri também suspendeu as atividades até o dia 4 de junho, uma vez que os professores vêm de outras cidades.



Fonte: Inside Vip





Viena


VEJA TAMBÉM


 
Eletropar