Quinta-Feira, 03 de Janeiro de 2019
CLASSIFICAÇÃO DAS CIDADES DA REGIÃO NO “MUNICÍPIO VERDE AZUL”
São Joaquim tem notável ascensão e aparece entre a melhor da microrregião
Image title

59 de 66 cidades da região de Ribeirão Preto ficaram abaixo da nota estabelecida pelo Estado de São Paulo na edição 2018 do programa "Município Verde Azul", que avalia políticas ambientais. Apenas 7 municípios conseguiram nota acima de 80 e obtiveram o selo do programa: Pirangi, Franca, Monte Alto, Fernando Prestes, Pradópolis, Ribeirão Preto e Santo Antônio da Alegria.


São Joaquim da Barra, em notável ascensão comparada ao ano passado, foi a cidade da microrregião que teve a nota mais alta. Em segundo lugar vem Orlândia. Mesmo assim, ficaram abaixo da nota estabelecida pelo Estado de São Paulo.



Avaliados de 0 a 100 com base em quesitos como tratamento de esgoto, destinação de resíduos sólidos, arborização e educação ambiental, os municípios ficaram abaixo dos 80 pontos, mínimo necessário para obter prioridade nos repasses do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop).


O pior desempenho ficou com Monte Azul Paulista, na posição de número 565, entre as dez piores colocações do Estado, com nota 5,14. Em diretivas como arborização, município sustentável e conselho ambiental, a nota registrada foi zero.


Image title

No comparativo com 2017, 43 municípios melhoraram as pontuações e as posições no ranking deste ano. Ainda abaixo da pontuação mínima para os repasses do Estado, Jaboticabal foi a cidade da região com a maior ascensão na nota. A localidade saltou da posição de número 331, com 19,64 pontos, para a 87ª colocação, com 71,13. Santa Cruz da Esperança, São Joaquim da Barra e Guariba também obtiveram acréscimos acima dos 40 pontos na avaliação em relação ao ano passado.


Image title

Veja abaixo a classificação de todas as cidades da região:


  • Pirangi: 88,73 (17º)
  • Franca: 87,86 (20º)
  • Monte Alto: 87,83 (21º)
  • Fernando Prestes: 86,35 (28º)
  • Pradópolis: 85,54 (33º)
  • Ribeirão Preto: 83,65 (41º)
  • Santo Antônio da Alegria: 82,43 (47º)
  • São Joaquim da Barra: 77,43 (71º)
  • Orlândia:74,73 (76º)
  • Sertãozinho: 72,76 (83º)
  • Jaboticabal: 71,13 (87º)
  • Bebedouro: 67,25 (96º)
  • Cândido Rodrigues: 57,67 (124º)
  • Luiz Antônio: 55,60 (131º)
  • Santa Cruz da Esperança: 53,84 (138º)
  • Jeriquara: 51,52 (143º)
  • Guariba: 50,20 (148º)
  • Guará: 48,93 (154º)
  • Guaíra: 47,58 (161º)
  • Vista Alegre do Alto: 47,44 (162º)
  • Cristais Paulista: 43,92 (176º)
  • Taquaral: 38,47 (196º)
  • Ribeirão Corrente: 34,73 (214º)
  • Guatapará: 33,70 (217º)
  • São Simão: 31,52 (223º)
  • Altinópolis: 25,33 (254º)
  • Terra Roxa: 25,11 (256º)
  • Cássia dos Coqueiros: 21,93(273º)
  • Pontal: 20,68 (277º)
  • Patrocínio Paulista: 19,91 (281º)
  • Cajuru: 18,90 (284º)
  • Jardinópolis: 17,95(290º)
  • Ipuã: 16,61 (296º)
  • Colina: 16,15 (300º)
  • Santa Rosa de Viterbo: 12,16 (321º)
  • Pedregulho: 10,49 (334º)
  • Ituverava: 10,45 (335º)
  • Cravinhos: 10,44 (336º)
  • Barretos: 10,41 (338º)
  • Itirapuã: 10,40 (339º)
  • Brodowski: 10,39 (340º)
  • Taquaritinga: 10,27 (346º)
  • Batatais: 9,92 (356º)
  • Serra Azul: 9,89 (358º)
  • Miguelópolis: 9,76 (363º)
  • Restinga: 9,73 (365º)
  • Dobrada: 9,55 (372º)
  • Santa Ernestina: 9,50 (374º)
  • Rifaina: 9,45 (377º)
  • Sales Oliveira: 9,36(381º)
  • São José da Bela Vista: 9,05 (393º)
  • Igarapava: 9,03 (395º)
  • Nuporanga: 8,84 (402º)
  • Dumont: 8,74 (408º)
  • Taiúva: 8,73 (409º)
  • Buritizal:8,55(417º)
  • Morro Agudo: 8,37 (424º)
  • Colômbia: 7,59 (457º)
  • Taiaçu: 7,30 (470º)
  • Viradouro: 6,70 (501º)
  • Serrana: 6,23 (523º)
  • Pitangueiras: 6,18 (526º)
  • Jaborandi: 6,00 (536º)
  • Barrinha: 5,54 (550º)
  • Aramina: 5,43 (553º)
  • Monte Azul Paulista: 5,14 (565º)
Fonte: G1





Fonte: Inside Vip





Anuncie


VEJA TAMBÉM


 
Eletropar