Quarta-Feira, 15 de Maio de 2019
PADRASTO ACUSADO DE MATAR E ESTUPRAR CRIANÇA CONTINUA INTERNADO
Ela já estava sendo acusado por tentativa de homicídio
Image title

Reginaldo Gomes Gertrudes, de 37 anos, suspeito de matar a menina Ayshila Vitória dos Santos da Costa, de 10 anos, segue internado sob escolta policial na Santa Casa de Ribeirão Preto. A criança foi encontrada morta com um corte no pescoço, na casa da família, no bairro Ipiranga, zona Norte da cidade.


O homem, que também é suspeito de ter estuprado a enteada antes de matá-la, deu entrada no hospital na tarde de segunda-feira (13). Ele foi localizado pela polícia bastante machucada, caído na avenida Independência. Segundo o hospital, ele passará por uma cirurgia ortopédica nos próximos dias e não há previsão de alta.



A delegada Luciana Camargo Renesto Ruivo, titular da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), disse que encontrou um líquido na menina que parecia sêmen. Exames vão confirmar se houve o estupro. Reginaldo, que é acusado de homicídio duplamente qualificado, com tipificação de feminicídio em razão de a vítima ser mulher e menor de idade, deve ser transferido para o CDP (Centro de Detenção Provisória) da cidade. Ele já era procurado por uma tentativa de homicídio em 2015, quando teria tentado assassinar o ex-patrão, junto com um comparsa, em uma empresa de cortes de estruturas metálicas no Ipiranga, na Zona Oeste de Ribeirão Preto.


COMOÇÃO EM ENTERRO

O corpo da menina foi sepultado às 13h30 desta terça-feira (14), no cemitério Bom Pastor, na zona Leste da cidade. No velório e no enterro, famílias e amigos não se conformavam com a situação. Eles descreveram Ayshila como uma menina doce, que iniciava a carreira de modelo e era muito querida por todos.


A mãe, Renata dos Santos de Souza, de 40 anos, foi amparada por familiares. Sobre a situação de ter deixado Ayshila e a irmã mais nova (que completou 6 anos nesta terça) sozinhas em casa, Renata ressaltou que precisava trabalhar para ter dinheiro para sustentar a casa. "Estou com problema de coluna e mesmo assim estou trabalhando", disse a mãe à EPTV Ribeirão.

Fonte: A Cidade On



Fonte: Inside Vip





Anuncie


VEJA TAMBÉM


 
Eletropar