Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019
BOMBEIROS ALERTAM PARA RISCO DE EXPLOSÃO DE CHURRASQUEIRA
Após incidente que matou uma jovem no interior paulista

Image title

Natali Steffani Martins, jovem de 22 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (16) em decorrência de queimaduras causadas pela explosão de uma churrasqueira em Vera Cruz, interior de São Paulo.


O incidente aconteceu no domingo (15), quando Natali e seu marido recebiam os amigos em casa em uma reunião informal. Segundo testemunhas, para ajudar o marido, Wellington Martins, 23, ela utilizou álcool para acender a churrasqueira, quando houve então a explosão.


A jovem teve 98% do corpo queimado e chegou a ser entubada na Santa Casa de Marília, mas não resistiu.

Wellington também teve queimaduras em 35% do corpo e permanece internado. O hospital não divulgou o estado de saúde da vítima.




O Corpo de Bombeiros alertou que a recomendação é nunca utilizar líquidos inflamáveis para acender a churrasqueira, como álcool ou gasolina. "Estes líquidos são voláteis e liberam vapores que tendem a se concentrar e no momento em que entram em contato com a faísca ou o fósforo podem vir a explodir".


Caso, ainda assim, haja a utilização de elementos químicos, jamais deve-se esguichar o líquido diretamente na brasa ou fogo. “Atualmente, existem produtos específicos e seguros no mercado como os acendedores automáticos, que são colocados em cima do carvão”.


Também é preciso ficar atento para o risco de instalação da churrasqueira perto de botijões de gás e para o churrasco de chão. “O famoso churrasco com uso de fogo de chão também merece atenção, deve ser sempre manuseado por pessoas preparadas e experientes, pois há um alto risco de queimaduras” conclui.

Fonte: Estadão.

Image title



Fonte: Inside Vip





Anuncie


VEJA TAMBÉM


 
Eletropar