Segunda-Feira, 30 de Dezembro de 2019
POUPATEMPO DE RP DEVE REDUZIR ATENDIMENTO
Possível alteração no horário de atendimento, com 2h a menos

Image title

O Poupatempo de Ribeirão Preto deve perder duas horas diárias de atendimento aos cidadãos em 2020. Isso porque, edital da licitação da gestão da prestação de serviços do órgão prevê a padronização do expediente em todas as unidades do estado de São Paulo.

Atualmente, o horário de atendimento no Poupatempo de Ribeirão Preto é de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados, das 9h às 15h. Contudo, o horário de atendimento pode cair das 9h às 17h, de segunda a sexta, e das 9h às 13h, aos sábados.


Em edital de licitação dos serviços de gestão publicado pelo Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), empresa de capital misto do governo estadual responsável pela operação do Poupatempo, a padronização no horário de funcionamento dos postos já está programada.



Segundo a empresa, a medida é estudada para evitar ociosidade no serviço. Além disso, ela afirma, por meio de nota, que periodicamente são realizados estudos técnicos de viabilidade para avaliação de demandas nas unidades de atendimento. A companhia declara que as mudanças não devem afetar a qualidade do serviço.

De acordo com o edital, entre janeiro e outubro de 2019, foram realizados 26,1 milhões de atendimentos no Poupatempo de Ribeirão Preto. Segundo a Prodesp, o objetivo da nova licitação para contratação de uma empresa para gestão do serviço "é de garantir mais segurança operacional".

Atualmente, o Poupatempo de Ribeirão Preto é gerido pela Pro-Jecto, responsável pelo serviço desde o ano de 2006. A licitação está marcada para o dia 6 de janeiro, por meio eletrônico. O cálculo da Prodesp é de que o posto do Poupatempo de Ribeirão Preto tenha o custo de R$ 8,9 milhões pelo período de dois anos.

FUNCIONÁRIOS
Segundo o edital, com a nova licitação para sua gestão, o Poupatempo de Ribeirão Preto operará com 159 postos de trabalho, que serão divididos entre servidores públicos contratados pela Prodesp (92 postos no total), e 67 contratações da nova gestora dos serviços. A divisão no modelo de contratação dos funcionários já ocorre atualmente.

Fonte: A CidadeOn




Fonte: Inside Vip





Paulo Foto Designer


VEJA TAMBÉM


 
Eletropar