COVID-19 - SANTA CASA DIVULGA VÍDEO COM SAÍDA DE PACIENTE CURADO

O Hospital Joaquinense é referência em atendimento regional e tem tomado uma série de medidas para ajudar no combate ao coronavírus e no tratamento da Covid-19



Desde que o coronavírus chegou ao Brasil, temos visto nas mídias números de casos confirmados e de mortes pela doença. Dessa vez, vamos mudar o foco, falar das notícias boas, falar sobre os pacientes recuperados.

De acordo com dados atualizados do Ministério da Saúde, o Brasil tem ao todo 79.479 pacientes recuperados da Covid-19. São considerados recuperados os casos confirmados de coronavírus que receberam alta hospitalar ou os pacientes que, sem terem precisado de internação, não apresentaram mais sintomas.

Na manhã desta sexta-feira (15) a Santa Casa de Misericórdia de São Joaquim da Barra divulgou um vídeo emocionante com a saída de um paciente recuperado. “Agora eu vou dançar forró” disse Sr. Alindo, que ficou por  23 dias internado na UTI, mais 10 dias na enfermaria.

Há uma semana, o Hospital também divulgou a saída de uma paciente recuperada, que ficou  por 19 dias na UTI e 5 na enfermaria. 



SANTA CASA DE SÃO JOAQUIM É REFERÊNCIA REGIONAL EM ATENDIMENTO

De acordo com o boletim atualizado do município até esta sexta-feira (15), São Joaquim da Barra conta com 08 casos confirmados. Já no boletim da Santa Casa, constam 09 casos positivos. A diferença nos números acontece, uma vez que no boletim do Hospital são contabilizados, além dos casos joaquinenses, atendimentos realizados em pacientes de outras cidades da região, como Ipuã (2 casos), Nuporanga (1 caso) e Morro Agudo (1 caso).  “A Santa Casa de São Joaquim da Barra é um hospital de atendimento regional para casos de maior complexidade. Sendo assim, além da população joaquinense, é referência (via SUS e outros convênios) aos municípios de Sales Oliveira, Nuporanga, Orlândia, Morro Agudo e Ipuã” informou a assessoria de Imprensa do hospital em sua página no facebook. 

Atualmente, diversas medidas estão sendo realizadas pela Santa Casa para ajudar no combate ao coronavírus. O hospital conta com uma área isolada no 2º andar, exclusiva para pacientes que necessitam de internação pela Covid-19, com equipamentos apropriados e enfermeiros 24 horas. Além do andar de isolamento, uma área na chamada Ala Bordô foi selecionada para ampliar os leitos exclusivos para o tratamento da doença. 

Em entrevista à Inside, o médico do corpo clínico, Dr. Carlos Eduardo Toloi, informou que não estão sendo medidos esforços para o tratamento dos pacientes. “O paciente é tratado de acordo com seus sintomas. Usamos alguns protocolos já preestabelecidos, como o uso da Cloroquina, por exemplo, mas depende muito dos sintomas do paciente. Se ele possui insuficiência respiratória, ele será tratado com os protocolos para  insuficiência respiratória.  Mas é importante frisar que mesmo que o paciente teste negativo para o coronavírus, isso não irá interferir no seu tratamento, pois independentemente dos diagnósticos, eles receberão a mesma atenção e cuidados”, explicou. 

Dr. Toloi explicou também que a Santa Casa utiliza um processo cuidadoso no diagnóstico dos pacientes. “A gente orienta o paciente a procurar o Hospital em casos que estão com uma queda brusca no estado geral ou fraqueza , ou um quadro de dispneia, falta de ar intensa. Se o paciente não chegar nesses estágios, ele será triado e o reencaminharemos. Às vezes, o paciente chega faz o raio-X, a tomografia, o exame de sangue e os resultados não são compatíveis com o coronavírus. Esses pacientes não chegam a realizar o teste. Caso tudo indique que ele possa ter coronavírus, isolamos o paciente e realizamos a coleta para o exame”, finalizou.

Confira no link o vídeo com a saída de Sr. Arlindo, curado da Covid-19. 



GALERIA