COMÉRCIO TEM O PIOR RESULTADO DESDE O INÍCIO DA SÉRIE HISTÓRICA EM 2000, DE ACORDO COM ACE

Os números mostraram uma queda de 16,8%, refletindo os efeitos do isolamento social.



A Associação Comercial Empresarial de São Joaquim da Barra divulgou um balanço com as vendas no comércio até o mês de abril, mostrando uma queda de 16,8%, refletindo os efeitos do isolamento social.

É o pior resultado desde o início da série histórica em janeiro de 2000 e a primeira vez que a pesquisa traz os resultados de um mês inteiro que o país está no quadro de isolamento social.

Todas as oito atividades apresentaram taxas negativas no mês.

COMÉRCIO RESTRITO

No mês de abril e na comparação com o mesmo período do ano passado, o índice apresentou queda de 16,8%, de 3,0% no ano e crescimento de 0,7% no acumulado de doze meses.

Os destaques negativos ficaram com as atividades de tecidos, vestuários e calçados com queda de 60,6%, livros, jornais, revistas e papelaria com 43,4%, outros artigos de uso pessoal e doméstico e equipamentos, materiais para escritório, informática e comunicação com 29,5%, móveis e eletrodomésticos com 20,1%, artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e perfumaria com 17%, combustíveis e lubrificantes com 15,1% e supermercados e hipermercados com 11,8%.

COMÉRCIO AMPLIADO

No mês de abril o índice apresentou queda de 17,5%, de 27,1% na comparação com o mesmo período do ano passado, de 6,9% no ano e crescimento de 0,8% no acumulado de doze meses.

Veículos e motos, partes e peças apresentaram queda de 36,2% e materiais de construção de 1,9%.


 BOLETIM FOCUS (15 DE JUNHO DE 2020)

Para 2020, as projeções mostram a inflação em alta, a Selic estável e o PIB e o câmbio em quedas.

O Boletim Focus é um relatório divulgado semanalmente pelo Banco Central do Brasil, contendo as principais projeções sobre a economia brasileira. Os resultados são levantados diariamente junto a cerca de 120 instituições (bancos, distribuidoras de valores, corretoras, consultorias, empresas de vários setores e outras), opinando sobre a perspectiva futura de diversos indicadores de nossa economia.  O BACEN criou o Boletim Focus para poder acompanhar a evolução das expectativas de mercado para as principais variáveis macroeconômicas.

PIB  -O PIB para o ano de 2020 retraiu de 6,48% para 6,51% e para 2021 o crescimento se manteve em 3,50%.

IPCA  -A inflação para o ano de 2020 subiu de 1,53% para 1,60% e para 2021 caiu de 3,10% para 3,00%.

Selic Meta  -A taxa Selic para o ano de 2020 se manteve em 2,25% e para 2021 caiu de 3,50% para 3,00%.

Câmbio - A taxa de câmbio para o ano de 2020 caiu de R$5,40 para R$5,20 e para 2021 de R$5,08 para R$5,00.

Indústria - A produção industrial para o ano de 2020 aumentou a retração de 5.35% para 5,44% e para 2021 o crescimento subiu de 3,00% para 3,50%.

Dólar Comercial - PTAX  - Taxa de venda – 12/06//20 - R$5,0373

Fonte: ACE de São Joaquim da Barra
 


GALERIA