PREFEITO VADO ANUNCIA QUE ORLÂNDIA PODERÁ TER BARREIRA SANITÁRIA

A cidade conta com 72 casos positivos, de acordo com o último boletim divulgado



Em pronunciamento feito em rede social, ontem (15), o prefeito de Orlândia, Oswaldo Ribeiro Junqueira Neto, Vado, informou que o município irá comprar 2 mil testes rápidos para Covid-19 e que o Orlândia passará a ter uma barreira sanitária na entrada da cidade.

Uma barreira sanitária é um mecanismo legal utilizado pelas autoridades governamentais de uma região, que impede ou restringe a circulação de pessoas, com o objetivo de prevenir disseminação de pragas, vírus e doenças.

Também foi anunciada a redução do horário de funcionamento do comércio, que passa ser das 14h às 18h(duas horas menos) de segunda à sexta-feira, e das 9h às 13h aos sábados, até o dia 30 de junho.


Lekel Anderson, coordenador de Saúde Municipal, informou que o Hospital tinha 8 pacientes no dia 14, e no dia seguinte, chegaram mais 7 com sintomas fortes de coronavírus. “Se a cidade tiver 200 contaminados, por exemplo, a estrutura existente não será suficiente e capaz de tratar de todos” explicou.

Atualmente, Orlândia conta com 72 casos confirmados.  Teve um salto de 13 resultados positivos em 24 horas.  Dos 72 casos confirmados, 4 são de óbitos, 57 curados e 11 em tratamento.

O prefeito Vado ainda afirmou que espera uma explosão maior de contaminados no início de julho.

Fonte: ORC Orlândia / Prefeitura Municipal de Orlândia



GALERIA