MORADOR DE IPUÃ REGISTRA REDEMOINHO DE FOGO

Meteorologistas afirmam que a combinação de temperatura alta, tempo seco e vento favorece fenômeno




Incêndio o atinge vegetação ao redor de Ipuã, SP, nesta segunda-feira (5) 


Um morador registrou um redemoinho de fogo durante um incêndio em uma área rural de Ipuã na tarde desta segunda-feira (5).

A imagem foi feita próximo à Rodovia Fabio Talarico. A área já havia sido atingida por um incêndio no domingo (4), mas voltou a ser castigada nesta tarde. Segundo meteorologistas, o vento, o tempo seco e o calor formam condições favoráveis ao surgimento do fenômeno. O fogo virou um funil e se alastrou pela vegetação rasteira.


Caminhões-pipa de usinas foram usados para combater as chamas. Há dois dias, Ipuã está entre as cidades do estado de São Paulo com o maior número de focos de incêndio. A máxima na cidade nesta segunda-feira foi de 39°C, de acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).

Meteorologistas afirmam que o fogo em Ipuã provocou efeitos na qualidade do ar em Ribeirão Preto, distante 100 quilômetros. O vento carregou a fumaça para a cidade e, por volta das 14h, o horizonte foi tomado por uma névoa seca.

A Defesa Civil emitiu um novo alerta sobre as temperaturas máximas que podem voltar a registrar recordes nesta semana.

A massa de ar seco ainda predomina sobre a região. De acordo com os meteorologistas, ela toma conta de grade parte do estado.

Matéria e fotos: G1


GALERIA