MORRO AGUDO GANHA NOVA AGÊNCIA DA SICOOB COCRED

Mais ampla e moderna, unidade estimula a proximidade entre cooperados e cooperativa





Dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) apontam o crescimento das transações bancárias pelos canais digitais, como internet e mobile banking.

Apesar de acompanhar este movimento, a Sicoob Cocred não deixa de investir em novas agências, porque acredita que a relação com os cooperados deve ser pautada pela parceria e proximidade.

Por isso, mesmo em meio à pandemia, os cooperados de Morro Agudo e região ganharam uma nova unidade da cooperativa.

Aquela que funcionou por 17 anos na Rua Padre Mansueto, n.º 143, foi transferida para um prédio mais amplo e moderno na Rua José Jorge Junqueira, n.º 1.226, também no Centro, em frente à praça da igreja matriz.

Com 558,4 metros quadrados, o novo posto de atendimento conta com dois caixas eletrônicos, cinco caixas para serviços presenciais, 17 baias de atendimento individual e estacionamento próprio.

A agência também segue o novo layout do Sicoob, mais favorável à convivência e ao relacionamento interpessoal, principais diferenciais do cooperativismo.

Segundo o diretor de Negócios da Sicoob Cocred, Gabriel Jorge Pascon, a mudança representa um marco na continuidade da disseminação da cultura cooperativista no município.

Atualmente, 1,8 mil moradores de Morro Agudo e região são cooperados e desfrutam de diversos benefícios, como taxas e juros menores, além de atendimento personalizado.

“Na Cocred, o associado não é apenas um cliente especial. Ele também é dono e participa dos resultados e da tomada de decisões. Mais do que prestar atendimento personalizado e oferecer soluções financeiras diferenciadas, temos o compromisso com o sucesso de nossos associados, gerando e fomentando integração, além de riquezas a estes municípios”, afirma.

Pascon destaca que os colaboradores estão preparados para atender os moradores e indicar as melhores soluções financeiras, de acordo com a realidade de cada um, porque têm excelência e know-hall em diversos segmentos. Isso permite à cooperativa trabalhar os mesmos produtos

e serviços de um banco, mas de forma personalizada.

“Os cooperados são, simultaneamente, proprietários, usuários e consumidores. Assim, nossa preocupação, além de disponibilizarmos ferramentas digitais com todos os tipos de soluções, por meio das melhores tecnologias, é colocar à disposição de nossos associados uma estrutura condizente para seu conforto, segurança e comodidade”, diz.

O diretor de Negócios da Sicoob Cocred afirma que a cooperativa se orgulha de estar presente em regiões prósperas, como Morro Agudo, a maior produtora de cana-de-açúcar do país. A força econômica do município resulta em um Produto Interno Bruno (PIB) per capita de R$ 41.246, colocando Morro Agudo na posição 121 entre as 645 cidades paulistas.

“Por configurarmos como a segunda maior cooperativa de crédito do Sicoob e estarmos entre as maiores do país, estamos aderentes ao nosso planejamento estratégico no contínuo crescimento, seguindo na mesma direção do setor e do Sistema, investindo em expansão para beneficiar nossos associados, bem como novos cooperados”, afirma Pascon.


QUEM SOMOS

Criada em 1969 com o objetivo de estimular a atividade agropecuária na região de Sertãozinho, a Sicoob Cocred carrega nas raízes não só a busca pelo desenvolvimento econômico e social das comunidades onde está inserida, mas a construção de uma sociedade mais justa, equilibrada e com melhores oportunidades para todos. 

É por isso que a cooperativa financeira se tornou uma das maiores do país e obteve

o mais alto grau de avaliação de risco, o Rating A3, que atesta a credibilidade, a solidez e a resistência da instituição a mudanças estruturais da economia. E é por esse motivo também que, mesmo durante a pandemia da Covid-19, a Sicoob Cocred continuou crescendo.

Hoje, são mais de 44 mil cooperados e 32 agências espalhadas pelo interior de São Paulo. Apesar da crise, a carteira de crédito da Sicoob Cocred cresceu 12,9% entre janeiro e outubro, em relação ao mesmo período do ano passado, alcançando R$ 3,057 bilhões. Ao mesmo tempo, o volume de depósitos aumentou 38,2%, chegando a R$ 3,264 bilhões.

O diretor de Negócios da Sicoob Cocred, Gabriel Jorge Pascon, destaca que a cooperativa não objetiva o lucro, como ocorre nos bancos convencionais, mas obter resultados que agreguem valor aos cooperados. Assim, as Sobras não só promovem o desenvolvimento da instituição, como retornam aos próprios associados.

“Então, quanto mais você movimenta, investe, opera com a cooperativa, mais estimula bons resultados e maiores as chances de receber boas sobras ao final de cada exercício, afinal, o cooperado também é ‘dono do negócio’ e tem direito a receber parte desses resultados. Investir no cooperativismo é fazer o dinheiro render muito mais”, diz.



ÚLTIMA EDIÇÃO

GALERIA