GOVERNO DE SP PROMETE 2 MILHÕES DE DOSES POR SEMANA AOS MUNICÍPIOS PAULISTAS

Divididas em 70 caminhões refrigerados com escolta



O governo de São Paulo apresentou o seu plano de logística para a vacinação contra a Covid-19 e reafirmou que planeja começar a imunização da população dia 25 de janeiro. Entre os detalhes do plano apresentado está a previsão de distribuir 2 milhões de doses da vacina por semana. Elas serão distribuídas em caminhões refrigerados e com escolta da Tropa de Choque.

O governador João Doria (PSDB) também cobrou do Ministério da Saúde a apresentação de mais detalhes sobre o Plano Nacional de Imunização (PNI). Segundo ele, o governo ainda não explicou minúcias sobre a proporcionalidade da vacinação em território nacional. Ou seja, quantas doses irão para cada estado.

— Se levar em conta a população, densidade demográfica, está correto. Se levar em conta também o grau de incidência do número de infectados e mortes, correto também. Se levar em conta outros aspectos e não a essencialidade desses, incorreto — afirmou Doria. —



 Segundo Eduardo Ribeiro, secretário executivo do governo de São Paulo, quando a vacinação estadual começar a ideia é distribuir 2 milhões de doses da CoronaVac por semana, divididas em 70 caminhões refrigerados. A escolta será feita por 23 mil policiais. Ao todo, 52 mil profissionais de saúde vão atuar no plano de vacinação.

 O governo paulista tem atualmente 10,8 milhões de doses já prontas para serem entregues. Hoje, o Butantan consegue produzir diariamente 1 milhão de doses da CoronaVac, mas pode dobrar a produção a partir de maio, quando termina de fazer a vacina contra Influenza.

 No Plano de Logística apresentado nesta segunda, o governo prometeu ampliar os postos de vacinação de 5,2 mil para mais de 10 mil, com escolas, quartéis da PM, estações de trem, terminais de ônibus, farmácias e sistema drive-thru participando do esforço de imunização da população. O planejamento está previsto para ocorrer das 8h às 22h em dias úteis e das 8h às 18h em sábados, domingos e feriados.

Fonte: O Globo


ÚLTIMA EDIÇÃO

GALERIA