PLANO SÃO PAULO - REGIÃO SEGUE NA FASE LARANJA

Região de Franca segue na fase laranja, enquanto Ribeirão Preto regride para a vermelha



Em nova atualização do Plano São Paulo, o governo do estado informou as reclassificações regionais de fases. A DRE de Franca, da qual São Joaquim da Barra faz parte, segue na fase laranja.

Ribeirão Preto regrediu para a fase vermelha. A ocupação de leitos na região de Ribeirão Preto vem subindo e já atingiu índice de fase vermelha. Nesta fase, todos os serviços que não são essenciais fecham.

Hoje também tem início a restrição de circulação em todo o Estado de São Paulo, medida tomada para conter o avanço da Covid, anunciada na última quarta-feira pelo governo do estado, e que vale das 23h às 5hs até o dia 14 de março.

Para nossa região, que está na fase laranja, os serviços essenciais continuarão a funcionar normalmente durante qualquer período, inclusive no horário restrito. Também não haverá advertência, multa ou impedimento à circulação de trabalhadores. O Governo busca endurecer a fiscalização contra aglomerações em qualquer horário e eventos ilegais ou proibidos aos finais de noite e madrugadas. A ação deverá ser fiscalizada pela polícia militar e prefeituras, através de seus agentes da vigilância epidemiológica.

 

RECORDE DE CASOS E MORTES

Nas últimas semanas houve aumento significativo no número de internações em São Paulo, principalmente em relação a pacientes graves com COVID-19.

(Continua após a publicidade)



A pandemia completa um ano e de acordo com as estatísticas, atinge nesse momento o maior volume de pessoas mortas de todo o período. Nesta quinta-feira o Brasil bateu o recorde de mortes por covid-19 desde o início da pandemia, com 1.582 fatalidades em 24 horas.

Em São Paulo são 6.657 pacientes internados em leitos intensivos, recorde negativo desde o início da pandemia. 

Na região de Franca os números continuam preocupantes. A cidade de Franca chegou esta semana ao total de 19.187 diagnósticos positivos e 329 mortes. A média de casos diários voltou a subir, indo a 157,1. Já a de mortes continua em 2,1 por dia, no acumulado da última semana. 

São Joaquim da Barra também vem registrando um expressivo aumento de pessoas contaminadas. Na quarta-feira (24) o boletim da prefeitura registrava 2083 casos. Desde então, mais 27 novos casos entraram para essa estatística, totalizando no município 349 pessoas com o vírus nesta sexta-feira. Destas, nove estão internadas na Santa Casa de São Joaquim da Barra, sendo três em tratamento intensivo e seis na enfermaria. Outros 33 casos estão em análise e o total de mortes é de 35 pessoas desde o início da pandemia.



ÚLTIMA EDIÇÃO

GALERIA