Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017
CHECK UP NO METABOLISMO
A endocrinologista e nutróloga Dra. Úrsula Dalboni fala dos transtornos que podem sabotar a dieta
Image title
Especialista em endocrinologia, clínica médica, nutrologia, medicina intensiva, e professora de endocrinologia da Universidade de Ribeirão Preto, Dra. Ursula Dalboni explica que alterações hormonais podem impedir a perda do peso excessivo.
“Os hormônios são substâncias que controlam a reprodução, o crescimento, o desenvolvimento e o metabolismo, e se este está prejudicado por alguma disfunção hormonal, a queima dos alimentos, bem como a eliminação de resíduos, fica prejudicada, favorecendo o ganho de peso”.
Explicando melhor, a endocrinologia é uma especialidade ampla que pode diagnosticar patologias que acompanham a obesidade, como diabetes, hipertensão e o alto colesterol, além de receitar medicamentos controladores de apetite e reguladores do metabolismo.
A médica informa que as glândulas endócrinas são responsáveis pela secreção de vários tipos de hormônios que têm a função de regular o metabolismo em todo o organismo, e quando esses hormônios faltam ou estão em excesso, também causam uma série de doenças como:

- Emagreça com a reeducação alimentar
- Saiba diferenciar fome emocional de fome fisiológica

.Hipotireoidismo (deficiência da função da tireoide);
.Hipertiroidismo (excesso da função da tireoide);
.Nódulos de tireóide;
.Distúrbios do crescimento (baixa estatura ou alta estatura);
.Distúrbios da puberdade (início precoce ou tardio do desenvolvimento das mamas, testículos, menstruação precoce ou atrasada );
.Distúrbios do metabolismo;
.Diabetes melito;
.Obesidade;
.Magreza;
.Excesso de pelos;
.“Andropausa”;
.Menopausa;
.Osteoporose;
.Impotência sexual;
.Dificuldade em ter ereção e orgasmo.

Um endocrinologista cuida de todos esses distúrbios e alterações hormonais, para que o equilíbrio do sistema volte ao normal. “É um campo de atuação muito vasto e que abrange diversas doenças e órgãos, já que os hormônios regulam quase que todas as funções orgânicas”.

ENDOCRINOLOGIA ESPORTIVA
Com várias especializações nestas áreas, Dra Ursula alia seus conhecimentos em endocrinologia esportiva e nutrologia com objetivos de atender atletas e praticantes de atividades físicas específicas.
“Desta forma, consigo ver o paciente como um todo, ajudar o atleta a atingir seu desempenho máximo, sua resistência e estética através de exames e da elaboração de cardápios adequados ao seu objetivo, além da introdução de medicações e suplementação apropriadas, quando indicadas”.
Ainda, de acordo com a médica, sua proposta é atingir o objetivo do cliente com novas técnicas, conhecimento endocrinológico e alimentar, respeitando sua saúde, e levando o cliente ao seu potencial máximo dentro de cada especialidade do esporte.

COMO ACELERAR O METABOLISMO
Pedímos para a médica revelar três dicas para acelerar o metabolismo. De acordo com ela, as mais infalíveis são :

. Mudança radical do padrão da dieta em curtos intervalos de tempo ( Ex: Em seu consultório os pacientes trocam suas dietas à cada 7 ou 15 dias nos dois primeiros meses de tratamento podendo passar o intervalo de troca a cada 30 dias a partir do terceiro mês. Isso acelera muito a perda de gordura.

. Ingestão de muita água - Quase 70% do corpo humano é composto de água, e se eu não bebo água, eu lentifico o meu metabolismo. O centro da saciedade e o centro da sede ficam numa região da cabeça que são muito próximas, o hipotálamo. Muitas vezes, quando nós temos a necessidade de hidratar, o estímulo inicial que nosso organismo provoca em nós é a vontade de comer. Ele está pedindo pra gente beber água, mas nós entendemos comida. Quando você bebe água, não só melhora seu metabolismo, como diminui o reflexo da fome. E pra cada um vai ser um valor diferente, dependendo do peso, da idade, do sexo, da altura, do metabolismo e do que o indivíduo faz de atividade física.

. Prática de atividade física prazerosa. Sobre fazer atividade física, esta é muito mais importante do que abolir o açúcar. Mas tem que ser uma que se goste de verdade, que lhe dê prazer.

OBESIDADE
O endocrinologista pode indicar o melhor tratamento para cada doença que prejudica o processo de emagrecimento. Além disso, como no caso da Dra Ursula que também é nutróloga, pode criar uma dieta para emagrecer de acordo com as necessidades de cada pessoa. Dessa forma, é possível perder peso com mais facilidade e sem prejudicar a saúde.
Um exemplo de sucesso no emagrecimento é a educadora Sandra Olivatto, que no prazo de doze meses conseguiu baixar seu peso de 78 kg para 57 kg. “Procurei a endocrino por outros motivos, e acabei fazendo a dieta, que foi super tranquila, sem sentir fome e hoje me sinto com outra disposição. A Dra. Úrsula foi sensacional como médica, confesso que sozinha não teria dado conta”.
Image title
Uma grande mudança aconteceu na vida de outro paciente, o dentista Leonardo Bitonti queria realizar uma cirurgia bariátrica e procurou a médica, que o acompanhou antes, durante e após a cirurgia. Sob seus cuidados, conseguiu eliminar 145 kg e hoje afirma: “Eu renasci, sou outra pessoa”.
Image title
Com mais qualidade de vida, faz atividades que antes eram impossíveis, como amarrar o tênis, praticar musculação, ciclismo, corrida e até ir ao cinema. “Sim, pois eu não cabia nas poltronas, então ficava somente dentro de casa”. Ele conta que para emagrecer, foi preciso querer de verdade, e desde então, jamais pensou em desistir. “Emagrecimento não é milagre, exige a necessidade de mudar de vida. Caso isso não ocorra, não faça. Nesse processo, a Dra Ursula foi a chave do meu sucesso, uma excelente profissional, competente, atenciosa e que sabe o que faz”.

Dra Ursula F. Dalboni de SouzaEndocrinologia / NutrologiaMembro da Sociedade Brasileira de EndocrinologiaProf. Titular de Endocrinologia da Universidade de Ribeirão Preto
Rua Três 1045, Centro, Orlândia.16 3020 3830
ursuladalboni@gmail.com



Fonte: Inside Vip





Viena


VEJA TAMBÉM


 
Eletropar