BOLETIM ECONÔMICO ACE - INFLAÇÃO (IPCA) DO IBGE MÊS DE JULHO

A inflação de julho ficou em 0,36%, puxada por gasolina e energia elétrica



A Associação Comercial Empresarial de São Joaquim da Barra – ACE divulgou o boletim econômico com os dados da Inflação (IPCA) do IBGE referente ao mês de julho.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de julho subiu 0,36%, 0,10 ponto percentual (p.p.) acima da variação observada em junho (0,26%). Este é o maior resultado para um mês de julho desde 2016, quando o IPCA foi de 0,52%. No ano, o indicador acumula alta de 0,46% e, em 12 meses, de 2,31%.


A inflação de julho foi influenciada principalmente, pelos preços da gasolina e da energia elétrica que passaram por reajustes.

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, seis apresentaram alta em julho. O maior impacto (0,15 p.p.) veio dos Transportes (0,78%). Em seguida, veio o grupo Habitação (0,80%), que acelerou em relação ao resultado de junho (0,04%) e contribuiu com 0,13 p.p. Já a maior variação positiva veio dos Artigos de residência (0,90%), com impacto de 0,03 p.p. O grupo Alimentação e bebidas, por sua vez, ficou próximo da estabilidade, com alta de 0,01%

A maior variação negativa (-0,52%) no IPCA de julho veio do grupo Vestuário, que já havia apresentado queda nos meses de maio (-0,58%) e junho (- 0,46%). As roupas masculinas (- 1,40%), femininas (-0,61%) e os calçados e acessórios (-0,31%) registraram recuo nos preços, enquanto as roupas infantis subiram 0,18%.

No que diz respeito aos índices regionais, todas as 16 áreas pesquisadas apresentaram variação positiva. O menor índice ficou com a região metropolitana de Vitória (0,21%) e o maior em Rio Branco (0,75%).



GALERIA