BOLETIM ECONÔMICO ACE - PRODUÇÃO INDUSTRIAL MENSAL (PIM) DO IBGE - MÊS DE AGOSTO

A produção industrial cresceu 3,2% em agosto, quarta alta consecutiva



A Associação Comercial Empresarial de São Joaquim da Barra divulgou o boletim econômico com os dados da Produção Industrial Mensal (PIM) do IBGE, referente ao mês de agosto.

PRODUÇÃO INDUSTRIAL - 02 DE OUTUBRO DE 2020

A produção industrial cresceu 3,2% em agosto, quarta alta consecutiva.

A atividade industrial nacional cresceu por quatro meses seguidos, mas ainda não elimina a queda de 27,0% acumulada no período março-abril de 2020, início da pandemia do Covid19. O resultado de agosto tem comportamento positivo de perfil disseminado, explicado pelo aumento do ritmo produtivo, após o aprofundamento das paralisações em diversas industrias devido à pandemia.

O avanço de 3,2% da atividade industrial, de julho para agosto de 2020, alcançou todas as grandes categorias econômicas e 16 dos 26 ramos pesquisados. A atividade mais influente foi Veículos automotores, reboques e carrocerias, que cresceu 19,2%.



Também tiveram influência no resultado da indústria, os setores de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis, com avanço de 3,9% e de Indústrias extrativas, que cresceu 2,6%. Outras atividades foram produtos de borracha e de material plástico (5,8%), couro, artigos para viagem e calçados (14,9%), Produtos de minerais não-metálicos (4,9%), produtos alimentícios (1,0%), confecção de artigos do vestuário e acessórios (11,5%), metalurgia (3,2%), produtos têxteis (9,1%) e produtos de metal (3,1%).

Por outro lado, entre os dez ramos que apontaram redução na produção, produtos farmoquímicos e farmacêuticos (-9,7%), perfumaria, sabões, produtos de limpeza e de higiene pessoal (-9,7%), Outros produtos químicos (-1,8%) e bebidas (-2,5%) foram os que mais contribuíram para os impactos negativos.

Em relação a agosto de 2019, a indústria recuou 2,7%, décimo resultado negativo seguido nessa comparação. Com isso, o setor acumula perda de 8,6% no ano e de 5,7% em doze meses.



GALERIA