BOLETIM ECONÔMICO ACE – BALANÇA COMERCIAL DO BRASIL E DE SÃO JOAQUIM DA BARRA, OUTUBRO

A Balança Comercial de São Joaquim apresentou superávit de US$31,1 milhões em outubro



A Associação Comercial Empresarial de São Joaquim da Barra divulgou o boletim econômico com os dados a Balança Comercial do Brasil e de São Joaquim da Barra, referente ao mês de outubro.

 

BALANÇA COMERCIAL - BRASIL - 17 DE NOVEMBRO DE 2020

A Balança Comercial brasileira foi superavitária em US$5,5 bilhões em outubro.

Mês

O saldo da balança comercial caiu 8,3% na comparação de setembro (US$6 bi) com outubro (US$5,5 bi).

Exportação

Os principais produtos exportados foram os minérios de ferro com 15,7% (US$3 bi), os óleos brutos de petróleo com 7% (US$1,3 bi), os açúcares e melaços com 6,7% (US$1,2 bi), a soja com 5,1% (US$914 mi), o milho não moído com 4,8% (US$861 mi), as carnes de bovino fresca, refrigerada ou congelada com 3,9% (US$691 mi), a celulose com 3,1% (US$550 mi) e os farelos da soja com 3% (US$533 mi).

Importação

Os principais produtos importados foram os adubos ou fertilizantes com 5,8% (US$721 mi), os equipamentos de telecomunicações com 5,1% (US$628 mi), os óleos combustíveis de petróleo com 4,9% (US$608 mi), as válvulas e tubos termiônicas com 4% (US$499 mi), os inseticidas, rodenticidas com 3,1% (US$383 mi) e os compostos organo-inorgânicos com 3% (US$377 mi).

Países

Exportação

A China liderou as compras com 28,6% (US$5,1 bi), seguido dos Estados Unidos com 11,1% (US$2 bi), da Argentina com 4,6% (US$820 mi), dos Países Baixos (Holanda) com 2,9% (US$517 mi) e do Japão com 2,6% (US$468 mi).

Importação

A China liderou as vendas com 22,5% (US$2,8 bi), seguido dos Estados Unidos com 14,6% (US$1,8 bi), da Argentina com 6,5% (US$799 mi) e da Alemanha com 5,4% (US$674 mi).

 



 

 BALANÇA COMERCIAL - SJB - 17 DE NOVEMBRO DE 2020

A Balança Comercial de São Joaquim apresentou superávit de US$31,1 milhões em outubro.

Mês

O superávit comercial cresceu 68% na passagem de setembro (US$18,5 mi) para outubro (US$31,1 mi).

Produtos

Exportação

Os produtos com os maiores saldos foram os açúcares de cana com 52,4% (US$16,6 mi), o álcool etílico com 40,6% (US$12,9 mi), as tortas de soja com 5,9% (US$1,9 mi) e as partes e acessórios de veículos com 0,4% (US$138 mil).

Importação

Os produtos com os maiores saldos foram os adubos minerais ou químicos com 35,5% (US$219 mil), os óxidos de boro com 21,8% (US$135 mil), os adubos minerais ou químicos azotados com 11,4% (US$71 mil) e os sulfatos, alúmenes e peroxosulfatos com 6,7% (US$41 mil).

Países

Exportação

O Reino Unido foi o maior comprador dos nossos produtos, respondeu por 32,1% (US$10,2 mi) das nossas exportações, seguido de Angola com 9% (US$2,9 mi), dos Países Baixos (Holanda) com 8,5% (US2,7 mi), do Senegal com 6,8% (US$2,1 mi) e da Costa do Marfim com 6,8% (US$2,1 mi).

Importação

A China foi a maior vendedora para o nosso município, respondeu por 63,9% (US$394 mil) das nossas importações, seguido da Chile com 21,8% (US$135 mil), do Reino Unido com 11,4% (US$71 mil) e da Alemanha com 2,5% (US$16 mil).



GALERIA