2020 FECHOU COM QUEDA NA PRODUÇÃO INDUSTRIAL

, Veículos automotores, reboques e carrocerias (-28,1%) exerceu a influência negativa mais intensa sobre a indústria



O Boletim Informativo da ACE- Associação Comercial e Industrial de São Joaquim da Barra, traz dados da produção industrial em 2020, que fechou o ano com queda de 4,5%.

No mês de dezembro de 2020, a produção industrial cresceu 0,9% frente a novembro, após oito meses de alta.

Em relação a dezembro de 2019, a indústria avançou 8,2%, no ano, o setor acumula queda de 4,5%, o segundo resultado negativo seguido após a perda registrada em 2019 (-1,1%). A indústria apresentou resultados negativos em todas as quatro grandes categorias econômicas, 20 dos 26 ramos, 53 dos 79 grupos e 60,6% dos 805 produtos pesquisados.

Entre as atividades com resultados negativos, Veículos automotores, reboques e carrocerias (-28,1%) exerceu a influência negativa mais intensa sobre a indústria, pressionada, em grande

medida, pelos itens automóveis, caminhão-trator para reboques e semirreboques, caminhões e autopeças.



PUBLICIDADE


Outras contribuições negativas vieram dos ramos de Confecção de artigos do vestuário e acessórios (-23,7%), Indústrias extrativas (-3,4%), Metalurgia (-7,2%) e Outros equipamentos de transporte (-29,15) Já entre as seis atividades em alta, as principais influências vieram de Produtos alimentícios (4,2%) e Coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis

(4,4%).

Entre as grandes categorias econômicas, destacam-se as quedas em Bens de consumo duráveis (-19,8%), pressionado pela redução na fabricação de automóveis (-34,6%), e Bens de capital (-9,8%), por conta de bens de capital para equipamentos de transporte (-22,7%) e para fins industriais (-5,1%).

Os setores Bens de consumo semi e não-duráveis (-5,9%) e de Bens intermediários (-1,1%) também acumularam taxas negativas no ano.



ÚLTIMA EDIÇÃO

GALERIA