12,17% DA POPULAÇÃO JOAQUINENSE JÁ CONTRAIU COVID-19

Mais de 50% da população recebeu a primeira dose da vacina



O Estado de São Paulo baixou da marca de 14 mil internados pela COVID-19 após 147 dias com número de pacientes acima desta marca. Eram 13.838 hospitalizações nesta terça-feira (20), somando 6.644 em enfermaria e 7.194 em leitos de Terapia Intensiva.


Em toda pandemia, o estado de São Paulo registrou 3.947.574 casos de COVID-19 e 135.490 óbitos. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado é de 61%.



Anúncio


Em São Joaquim da Barra, os números também estão em queda conforme os boletins. Porém mais quatro mortes foram notificadas essa semana referentes a laudos atrasados, de ocorrências de 9 de junho a 15 de julho. Desde o início da pandemia, 154 pessoas entraram para a terrível estatística de óbitos da covid-19.


Até o último boletim, a UTI da Santa Casa, que conta com 13 leitos, tinha 8 pessoas internadas, sendo 6 pacientes da cidade e 2 da região. Outros 5 pacientes estavam na enfermaria. No hospital Campanha que conta com 24 leitos, havia 7 internados.

No total a cidade registrou até o momento 6.326 casos positivos de covid-19, o que equivale a 12,17% da população. Destes, 6060 pessoas já passaram pela doença e consideram-se recuperadas. De acordo com o boletim, outros 58 casos estão em análise e 220 pessoas estão isoladas neste momento, um número ainda considerado alto para uma população de pouco mais de 52 mil habitantes.


Já em Franca, os números da COVID-19 subiram. A média móvel de casos apresentou elevação de 25,1%. Na semana do dia 8 de julho o índice era de 86,6 e passou para 158,7 na semana passada. Esses índices são preocupantes e podem subir as internações nos hospitais da região.


VACINAS

O Estado está a todo vapor na meta de vacinar com a primeira dose toda a população adulta até 20 de agosto e no site do Vacina Já, até o momento, 18,47% da população do Estado está com o esquema vacinal completo. 

Em São Joaquim da Barra, mais da metade da população já recebeu a primeira dose da vacina. De acordo com o vacinômetro, até a terça-feira (20), a taxa era de 52%. 

Já a vacinação da segunda dose segue um pouco mais lenta, com a taxa em 15,28%, um pouco abaixo da média do estado.

Na sequência de agendamentos para a primeira dose, o município começou hoje (21) a agendar pessoas acima dos 35 anos que perderam os primeiros agendamentos. Para se vacinar, é necessário realizar o agendamento de forma presencial no postinho de saúde mais próximo do seu bairro portando o Cartão SUS e CPF.

Serão agendadas 2.344 doses de vacina, conforme a nova grade enviada pela DRS de Franca.

Confira o boletim epidemiológico e o vacinômetro deste dia 20.





ÚLTIMA EDIÇÃO

INSIDE TV

GALERIA