BUTANTAN TESTA IMUNIDADE DE VACINADOS EM SERRANA

Em nova etapa do Projeto S, o Instituto Butantan quer entender impacto da vacina no controle da pandemia



O Instituto Butantan deu início a uma nova etapa do Projeto S, em Serrana, para entender o impacto da vacina no controle da pandemia de covid-19.

Nessa nova etapa, o instituto vai avaliar a imunidade de longo prazo dos moradores da cidade após a vacinação com as duas doses da CoronaVac, vacina do Butantan e da farmacêutica chinesa Sinovac.

O estudo vai coletar o sangue de voluntários que participaram do projeto S nos dias 31/7 ou 1/8, entre 8h e 16h30. Os voluntários serão acompanhados por mais um ano.


 

Anúncio




A nova etapa compreende um estudo de corte prospectivo, que foi aprovado e será acompanhado pelo Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Após as coletas em Serrana, os testes para avaliar a imunidade dos voluntários serão realizados no Laboratório Estratégico de Diagnóstico do Instituto Butantan.

O estudo tem como objetivo estimar e comparar a imunização para SARS-CoV-2 de adultos e idosos de Serrana, analisar quanto tempo dura a imunidade e avaliar a resposta imune celular. Um dos pontos que a pesquisa vai levar em consideração é o processo de envelhecimento do sistema imunológico, que pode interferir na forma como o organismo combate o SARS-CoV-2 à medida que o tempo passa.


Com informações do G1



ÚLTIMA EDIÇÃO

INSIDE TV

GALERIA